Lapidação dos diamantes

A lapidação realça a capacidade do diamante de capturar e refletir a luz para revelar todo seu esplendor e brilho. Para atingir a perfeição, o lapidador utiliza habilmente uma proporção geométrica recíproca precisa para determinar cada faceta e ângulo da pedra. A mesma atenção à simetria, ao polimento e à proporção contribui para a aparência geral de um diamante lapidado. Como resultado, o diamante se torna um verdadeiro espelho de dispersão de luz, adquirindo o máximo de valor e brilho. Apenas pedras lapidadas com as proporções e o acabamento corretos se tornam diamantes Bvlgari. A Bvlgari usa a escala de qualificação de lapidação do GIA, que vai de Excelente a Ruim. Para diamantes redondos únicos cravejados em joias nupciais, a Bvlgari seleciona apenas pedras com as melhores qualificações de lapidação: De Excelente a Muito bom. ​

Quando falamos em diamante, as pessoas normalmente imaginam uma lapidação brilhante redonda, que possui 58 facetas cuidadosamente alinhadas (57 se a base for excluída). No entanto, a maior parte dos diamantes mais famosos do mundo é de lapidação fancy. As coleções de joias Bvlgari apresentam vários diamantes de lapidação fancy, incluindo as lapidações esmeralda, pera, oval e coração. Uma lapidação fancy não deve ser apenas simétrica, mas também graciosamente elegante e atraente: aquilo que os clientes da Bvlgari chamam de "apelo visual". Diamantes Bvlgari de lapidação fancy têm não apenas os melhores acabamentos e proporções para garantir o máximo de brilho e dispersão da luz, mas têm também o "apelo visual" correto. ​

Image representing diamond clarity.
CLAREZA DOS DIAMANTES